Solicite
um orçamento

Dicas

DICA DE ESPECIALISTA

Por Simone Las Casas

CONHEÇA A ALIMENTAÇÃO VIVA

A alimentação Viva é aquela baseada no consumo de brotos, grãos, sementes germinadas , raizes e vegetais frescos. É delicioso e supernutritivo, oferece uma alternativa para a saúde – a sua e também a do planeta – e desperta o apetite de quem quer ganhar energia sem precisar cozinhar nada.

4

Farinha branca e açúcar estão banidos do cardápio, assim como carnes, ovos e leite. Os pratos nunca são preparados no fogão, que só é usado para esquentar sopas e ensopados de vegetais. A alimentação viva é muito mais saudável do que a convencional, pois é mais fácil de ser digerida, além de ser livre de toxinas.

O suco verde muito usado na comida viva. Feitos de diversas folhas e germinados que fazem muito bem a saúde.

365

Consumir verduras frescas, grãos e sementes é um prêmio para a saúde e a silhueta. A comida viva proporciona cardápio tão fresco e natural que os ingredientes – orgânicos, para o bem da Terra – ainda estão vivinhos na hora de comer. Assim é a comida viva, que prioriza o consumo de alimentos crus e grãos germinados. Outra vantagem é o preparo rápido: basta um bom liquidificador, facas e peneiras. O fogão (usado apenas para amornar sopas e ensopados de vegetais) deixa de ser protagonista. “A digestão é mais fácil, o que contribui para aumentar a disposição, já que se gasta bem menos energia no processo digestivo”.

Alimentação Viva é uma linha vegetariana baseada em alimentos crus, frescos, orgânicos, sazonais e secos (hidratados) como hortaliças, vegetais, frutas e algas marinhas; castanhas (amêndoas, nozes, castanhas, macadâmia); e sementes e grãos germinados, que tem seu valor.

555pp

Esta alimentação é mantenedora e geradora de energia vital, que está presente na natureza, na Terra, na água, no sol e no ar. Os seres vivos precisam se alimentar desta energia para que a vida possa se manifestar em sua plenitude. Ao interagir com a energia natural, o homem está se alimentando com a vida, pois o alimento vivo absorve estas potências.

Quando estes alimentos são ingeridos, é como se as baterias fossem recarregadas, harmonizando o indivíduo com as forças da natureza. As enzimas representam o ponto mais importante da Alimentação Viva. Trata-se de pequenas proteínas encontradas nos alimentos crus do reino vegetal e animal, que são responsáveis pela digestão humana.

1196

Quando aquecidas acima de 38º são destruídas, dificultando a digestão. Um alimento cozido, por exemplo, exige do homem suas próprias enzimas para digerir. Muitas vezes não há reserva dessas proteínas e, por isso, a digestão fica lenta, prejudicando órgãos vitais.

Por isso, uma alimentação incorreta causa sonolência, cansaço e falta de disposição. Já na Alimentação Viva a digestão será feita pelas enzimas do próprio alimento, poupando as enzimas do homem, trazendo energia, vitalidade e rejuvenescimento para todo o corpo e mente.`

965